Ainda tem dúvidas de que monetização funciona?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A monetização de emails – o ato de transformar sua lista de newsletters em uma fonte de renda secundária com publicidade – funciona. Ainda sim muitos donos de empresas têm medo de monetizar suas listas, não dando espaço para publicidade e ações para seus próprios produtos e serviços. Essa hesitação em gerar receita com um fluxo de conteúdo que eles provavelmente gastam muito tempo e esforço é em parte porque as empresas entram no mito de que os consumidores veem todos os anúncios de forma negativa.

Isso simplesmente não é verdade. Os consumidores não veem toda a publicidade como igual e muitos não se importam com anúncios relevantes em suas newsletters por email. Aqui estão algumas analises para mostrar que a monetização de email pode ser eficaz e o que as empresas precisam aprender com elas.

Quando pesquisados ​​sobre anúncios em boletins informativos por email, 64% dos adultos disseram que provavelmente clicariam em anúncios interessantes para eles. Enquanto essa porcentagem sobe para as gerações mais jovens, a maioria dos adultos em todas as faixas etárias deu a afirmativa sobre essa postura.

Como aplicar isso na sua empresa? Monetize seu email mas faça isso de maneira inteligente. Coloque os métodos em prática para garantir que as ofertas e os anúncios incluídos estejam de acordo com interesses e as necessidades do leitor e evite pressionar os mesmos usuários repetidamente com anúncios de itens que eles já compraram, onde a grande maioria diz que esse é o tipo de anúncio mais irritante.

Enquanto você planeja o sua estratégia de monetização, não se esqueça de garantir que os anúncios estejam alinhados com a missão, a visão e os valores da marca. Uma maneira de alienar seus assinantes de email é pregar um valor de marca específico apenas para ganhar dinheiro com um anúncio que aparece em face dessa mensagem.

Também foi feita uma análise com os adultos sobre como eles se sentiam sobre a publicidade em aplicativos para dispositivos móveis. Mais de 75% disseram que preferem um aplicativo gratuito para celular e com anúncios  do que aplicativos pagos para obter uma experiência livre de anúncios.

Atualmente, é claro que os consumidores estão dispostos a fazer uma troca. Eles vão tolerar e aceitar publicidade quando receberem algo de valor do editor. As empresas podem obter essas informações do espaço do aplicativo e aplicá-las ao email: se o sua newsletter for consistente, interessante e útil, os usuários não se importarão com um anúncio ou dois. No entanto, lembre-se de que os anúncios devem ser relevantes, poucos (não sobrecarregue sua mensagem com mensagens de outras pessoas) e não ter um impacto negativo na experiência do leitor.

Em todos os tipos de plataforma, incluindo email, os usuários tendem a clicar em um anúncio quando confiam no editor do conteúdo em que reside. A mensagem aqui é bem clara: quando uma marca ou empresa que alguém confia legitima um link ou produto – mesmo com apenas um anúncio pago – muitos consumidores estão dispostos a dar uma olhada na nova informação.

Essa é uma boa notícia para empresas que querem gerar receita com listas de email existentes porque isso significa que os anunciantes com quem você trabalha provavelmente receberão cliques e leads de qualidade. Quer trabalhe com anunciantes com base em CPC ou venda diretamente o espaço publicitário, as implicações são as mesmas: aumento da receita de anúncios.

A vantagem das empresas, no entanto, é que você precisa equilibrar o aumento das receitas de anúncios com a confiança das pessoas em suas listas de email. Você nunca deve fazer algo que possa minar seriamente essa confiança, o que significa permanecer fiel à sua mensagem e escolher os parceiros de publicidade com sabedoria. Isso também significa traçar uma linha sobre quantos anúncios você incluirá em cada e-mail e protegerá a experiência do usuário.

Por fim, muitas empresas não criaram uma lista apenas para monetizá-la. E mesmo se o fizesse, a principal preocupação de seus consumidores é receber conteúdo consistente e de qualidade. Lembre-se: os consumidores estão dispostos a negociar com você, tolerando anúncios relevantes e até clicando neles quando forem interessantes. Você tem que sustentar sua parte nessa barganha com conteúdo útil e de qualidade que nunca sofre por causa da inclusão de anúncios.