Dicas

Práticas básicas para que os e-mails sejam abertos, lidos e clicados

Manter uma boa lista de e-mails é de grande importância para empreendimentos online.  Mas o reconhecimento de sua importância nem sempre é acompanhado sobre como fazer uma boa entrega do e-mail marketing.  Afinal, não é qualquer tipo de mensagem que vai incentivar as pessoas a abrirem, lerem e clicarem nos links de um e-mail marketing.

Abaixo segue uma seleção de dicas para melhorar a taxa de abertura, a taxa de cliques e o relacionamento com sua lista de e-mail marketing.

1)      Não compre lista de e-mails. Elas não funcionam e podem prejudicar ou destruir a sua reputação.  Sempre é válido lembrar que a pessoa que receberá o e-mail dessa forma nunca solicitou o recebimento da mensagem da marca em questão. Ao comprar listas de e-mails, o seu endereço de e-mail também pode ser classificado como um spam por causa da presença de um spamtrap na base de contatos. Para saber mais sobre essa nomenclatura acesse nossa postagem “Como fugir de spamtraps no e-mail marketing?”

2)      Pense em um bom título. O título do seu artigo e do seu e-mail são muito importantes. Se o leitor falhar em abrir seu email, de nada adiantará ter um bom conteúdo, mas que nunca será lido. Procure escrever seu título em até 70 caracteres.

3)      Se possível, personalize os e-mails com  o nome da pessoa que irá recebê-los. Neste caso, o aumento do número de cliques pode aumentar em até 14%.

4)      Otimize suas newsletter para mobile. Estudos mostram que 38% das pessoas abrem emails no seu aparelho móvel. A dica é procurar um bom software de email que seja responsivo. Ou seja, o email entregue por ele irá se adaptar dependendo do tamanho da largura desse aparelho.

5)      Não envie e-mails com tanta freqüência. 69% das pessoas citam que esta é a razão #1 para descadastrarem seu email. Evite o contato a todo momento e só envie emails que são realmente necessários, tendo algo de valor real para seus leitores.

6)      Evite e-mails longos. Essa dica vale para qualquer tipo de comunicação, seja texto, vídeo ou apresentações. Apenas envie um email quando tiver algo útil para falar. E seja breve.

7)      Faça uma call-to-action. A sua call to action (chamada para ação) é o seu link, o seu botão que irá direcionar o leitor para a página que você deseja. Ao invés de colocá-la somente no final do email, estando invisível para os leitores que não rolarem para baixo seu email, repita sua call to action ao longo do email. Faça com que o leitor não precise rolar muito o email para encontrá-la.

8)      Insira vários links. A matemática é simples. Quanto mais links no email, maior as chances deles serem clicados. Lembre o leitor em vários pontos do benefício que ele terá ao clicar no seu link. Mas tome cuidado para não exagerar na quantidade de links.

9) Ofereça uma recompensa. Surpreenda seus leitores com uma recompensa. Faça eles se sentirem bem ao estarem na sua lista. Você pode oferecer diversos tipos de recompensa como: eBooks,  webinários, vídeos gravados, minicursos online (sequência de emails), infográficos, planilhas e Checklists.

10)   Diga aos leitores porque eles recebem seus e-mails e onde se cadastraram. Essa é uma dica básica e necessária em vários softwares de email, mas ainda tem quem não a utilize. Se a pessoa receber um e-mail seu e não lembrar o porquê está recebendo, serão grandes as chances que ela irá se descadastrar ou marcar seu email como spam. Evite descadastramentos desnecessários, assim como classificações de spam.

Confira mais dicas em Viver de Blog.

Voltar à lista de Dicas